25 embarcações na regata Canárias-Madeira

A “XX Regata Internacional Canárias-Madeira” foi hoje apresentada na Quinta Calaça, a sede social do Clube Naval do Funchal (CNF).

Na cerimónia de apresentação esteve a vice-presidente do CNF, Maria Livramento, a secretária regional do Turismo, Paula Cabaço, o primeiro tenente Paulo Azevedo, da Capitania do Porto do Funchal, e, como representante do Banco BPI , António Miguel Gouveia. A 20ª edição esta regata larga amanhã, dia 4 de Setembro, ligando a Ilha de La Palma (Canárias) e a Ilha da Madeira num percurso de cerca de 242 milhas náuticas (cerca de 450 km).

O evento é co-organizado pelo Clube Naval do Funchal e o Real Nuevo Clube Náutico de La Palma. Pela primeira vez, a largada é dada na Ilha de La Palma, no dia 4, com chegada prevista ao Funchal a partir do dia 6 de Setembro, refere uma nota do CNF.

O Clube Naval do Funchal participa na competição através do iate ‘Solitude’ de Vasconcelos e Sá, levando a bordo o ex-Chefe do Estado Maior da Armada – almirante Fernando Melo Gomes (figura muito conhecida na Marinha e ligado à NATO como comandante durante largos anos) e um confrade da Confraria Europeia de Vela, Carlos Bleck.

Uma das novidades da edição deste ano, é a implementação de um Sistema de Localização (tracking) permanente em todas as embarcações participantes, permitindo à organização e aos aficionados da Vela saber a localização da frota e as suas velocidades. Este avanço tecnológico surge devido à política de inovação que a direcção do CNF quer implementar de forma transversal a todas as acções do clube e eventos, refere a colectividade.

O sistema de localização pode ser acompanhado neste link:

http://tracking.sailingcontrol.com/?c=338-a751410272b0d7c7b18db70aa5b7dec0

Na ocasião, Maria do Livramento Silva disse que “é uma honra apresentar a edição nº20 da Regata Internacional Canárias – Madeira, uma regata que é já uma tradição e uma herança  do Clube Naval e que representa um importante intercâmbio social, turístico e desportivo, entre o arquipélago da Madeira e de Canárias através de uma modalidade tão emblemática para os ilhéus como é a vela de cruzeiro. Neste momento estão confirmadas  25 embarcações, das quais 9 são madeirenses, o que nos deixa muito satisfeitos pela participação dos velejadores madeirenses nesta prova sendo as restantes 16 espanholas”, disse.  As primeiras embarcações são esperadas na Madeira já na próxima quinta-feira.

Para os cerca de 150 tripulantes esperados, serão organizados momentos sociais que permitirão que possam relaxar e descansar depois desta travessia que terá cerca de 450 Km.  O programa começa já na quinta-feira com o Village na Marina do Funchal, onde toda a população está convidada a participar. O programa social desta regata terminará com “White Ocean” a emblemática Festa Branca a decorrer no próximo sábado no Clube Naval, com entrada livre para os sócios e também aberta ao público em geral, informou a vice-presidente do CNF.

Já Paula Cabaço salientou que este evento associa-se este ano às celebrações dos 600 anos de descoberta do arquipélago do Porto Santo e da Madeira, sendo uma oportunidade de projectar a Região como local para a realização de eventos desportivos, sobretudo eventos náuticos, ligados ao mar.

A secretária regional do Turismo e Cultura referiu que neste último ano e meio o Governo Regional investiu cerca de 1 milhão e meio através de apoio a instituições e associações.