Câmara do Funchal paga cerca de 150 mil euros em ajustes diretos ao Diário e JM para prestação de serviços

O ajuste direto à Empresa Diário de Notícias Lda.

A Câmara Municipal do Funchal adjudicou, por ajuste direto, ao Diário de Notícias da Madeira e ao JM uma prestação de serviços por um ano, no total global de cerca de de 150 mil euros, conforme divulga a plataforma de contratos públicos, BASE.

À Empresa Diário de Notícias Lda foi contratualizado um montante de 74.900 euros, a 18 de maio último, para serviços de publicação, também por um ano, mais precisamente a “prestação de serviços de publicações impressas de editais, avisos, convocatórias, anúncios e outras publicações da Região Autónoma da Madeira”.

O ajuste direto à Empresa Jornalística da Madeira, que detém o JM.

Para a mesma finalidade, a CMF atribuiu, igualmente por ajuste direto, à Empresa Jornalística da Madeira, que detém o JM, o valor de 75 mil euros, em contrato datado de 23 de maio passado.