Junta de Freguesia de Santo António com projeto de bem-estar animal

Foto DR

A Junta de Freguesia de Santo António apresentou um Projeto de Sensibilização e Bem-Estar Animal. É destinado aos alunos do pré-escolar e primeiro ciclo das escolas da freguesia e foi apresentado ontem, no Centro Cívico de Santo António.

Tem como grandes objetivos: educar e prevenir o abandono e maus tratos dos animais domésticos; estreitar laços entre a população e profissionais de saúde animal; demonstrar a importância dos cuidados a ter com os animais e a necessidade da Profilaxia – procedimentos e recursos para prevenir e evitar doenças; estimular a população, especialmente as crianças, para um comportamento responsável, entendendo que os animais são seres vivos e não seres descartáveis.

Rui Santos, presidente da Junta de Freguesia, por ocasião do evento, referiu que “…a população de Santo António está ciente do grave problema que existe com animais errantes nesta freguesia e não só. Recorrem muitas vezes à junta para que esta resolva estas situações, mas infelizmente não temos os meios nem a competência para o fazer.”

Desde 2015, a junta tem vindo a desenvolver um programa de baixo custo para a vacinação e registo de canídeos e felídeos. Ainda assim, Rui Santos considera que é manifestamente insuficiente e que é necessário um programa de intervenção e sensibilização da população: “A Região Autónoma da Madeira foi pioneira na proibição do abate de animais doméstico, e muito bem! Mas, essa legislação não foi precedida de um programa alargado de educação e prevenção para o não abandono e cuidados a ter com os animais domésticos”.

Durante a apresentação, os docentes das escolas referiram que este projeto deveria fazer parte da Área de Projetos de todas as escolas e até ser mais abrangente – direcionado não só aos alunos, mas também aos pais.

O projeto avança já no decorrer das próximas semanas e estão previstas ações que abordarão o Bem estar animal, cuidados básicos de saúde animal, detenção responsável na infância e na juventude e a figura do médico veterinário e de outros profissionais ligados à saúde e bem estar animal. De referir ainda que este projeto é desenvolvido em parceria com a SPAD.