Histórica pastelaria “Mimo” renasce na Avenida Zarco

Fotos: Rui Marote

Entre tantos problemas que afectaram, e afectam, os madeirenses não são muitas as oportunidades para dar boas notícias, mas esta é uma delas. A histórica pastelaria Mimo, na Avenida Zarco, reabriu ao público, com o mesmo nome de sempre, capaz de despertar recordações em muitos cidadãos do Funchal. O espaço, pequenino mas simpático, foi um dos muitos estabelecimentos da zona de São Pedro (e de outras áreas históricas do centro, de resto) que fechou na sequência da crise económico-financeira que assolou o país e da qual a Madeira foi um dos locais mais sofridos).

Agora, e após quase dez anos fechada, a pastelaria Mimo finalmente reabre as suas portas, decorada com simplicidade mas bom gosto, exibindo nas paredes grandes fotografias históricas do Funchal de antigamente.

Eram muitos os frequentadores, entre funcionários públicos, pessoas que se deslocavam aos vizinhos CTT e demais cidadãos. O local, pela sua grande centralidade, registava muita afluência de público. Espera-se que agora o sucesso comercial se repita, nesta nova fase. A Mimo tinha bolos fantásticos e queijadas deliciosas. Nos últimos anos, deliciava os frequentadores com sopas tradicionais madeirenses ao almoço.