Carlos Pereira diz que deu contributo no apoio do Estado aos madeirenses que vieram da Venezuela

Carlos Pereira-Apoios emigrantes
Carlos Pereira veio dizer que o PS-Madeira teve “mão” no apoio do estado aos emigrantes que chegaram da Venezuela.

Carlos Pereira, líder do PS-Madeira, veio hoje revindicar o seu contributo para que o Estado apoie os emigrantes que regressam da Venezuela. Em conferência de imprensa, disse que oO PS-Madeira viu mais uma das suas promessas cumpridas, no que toca ao apoio e integração dos emigrantes da Venezuela na Região Autónoma da Madeira. O presidente do PS-M assumiu o compromisso, antes da discussão do Orçamento de Estado, que o PS faria tudo o que estivesse ao nosso alcance para garantir que havia apoio do Estado para o pagamento do sobrecusto das despesas de Saúde dos emigrantes”.

Num contexto eleitoral partidário, Carlos Pereira aproveitou para capitalizar aquilo que considera ser resultado do seu empenho junto do Governo da República, ainda que esses apoios já tivessem sido tornados públicos há dias. O líder socialista considera que esta questão é muito importante “não só para os emigrantes e seus familiares, como também para o PS-Madeira que envolveu todos os mecanismos necessários para resolver esta matéria. Nós seremos sempre a solução para os problemas da Madeira e nunca seremos um problema”, disse o dirigente socialista, referindo também que durante a sua liderança, liderança da direção que preside, “sempre dissemos que colocaríamos a Madeira em primeiro lugar”, lembrando que esta promessa cumprida é o resultado de várias matérias concretizadas. E deu como exemplo o cofinanciamento do novo hospital, a garantia de meios aéreos para o combate aos incêndios, como também a redução do pagamento da Segurança Social para os agricultores, entre outras matérias.