Núcleo da Liga Contra o Cancro tem cada vez mais pedidos de ajuda e peditório conta com várias figuras públicas da Região

Peditório Liga B
Está a decorrer até domingo o peditório da Liga Contra o Cancro. Amanhã, sábado, na Região, várias personalidades da vida madeirense vão “vestir o fato” de voluntários.

Até domingo, 5 de novembro, está a decorrer o peditório nacional da Liga Portuguesa Contra o Cancro, uma ação que representa, para aquela instituição, a segunda maior fonte de receita para fazer face às inúmeras solicitações que, tanto a nível do País, como a nível da Região, têm vindo a aumentar.

Durante estes dias, diversos voluntários vão andar pelas ruas do Funchal solicitando o apoio dos madeirenses para esta importante causa, sendo que amanhã, sábado, o Núcleo Regional da Liga, liderado por Ricardo Sousa, decidiu levar a efeito uma iniciativa que tem a participação de várias personalidades da vida madeirense, desde políticos a empresários passando por jornalistas, numa convergência que deixou o responsável pelo núcleo da Madeira satisfeito.

Ricardo Sousa confessa-se “agradavelmente surpreendido com a resposta das pessoas a este nosso desafio, pelo que esperamos que a população participe e dê o seu contributo, uma vez que a Liga tem como objetivo, não só a prevenção, mas também uma resposta aos pedidos de ajuda que recebemos e que são cada vez mais, exigência que leva a uma grande necessidade de apoios financeiros”

A realização, no último fim de semana, do Congresso debatendo a sobrevivência, que registou uma enorme participação, constitui um dos pontos de referência que o Núcleo Regional da Madeira da Liga Contra o Cancro pretende preservar enquanto instituição que “quer dar resposta a quem precisa da nossa ajuda”.

A Liga Portuguesa Contra o Cancro tem cinco núcleos no contexto do País, Norte, Centro e Sul, além dos dois correspondentes à Madeira e aos Açores.