Rubina Leal quer que CMF crie programa de “literacia financeira”

Rubina Leal veio hoje defender publicamente que a Câmara Municipal do Funchal deve criar um programa de literacia financeira para apoiar a população do Funchal a fazer uma gestão mais racional dos seus rendimentos.

“Promover uma cultura de poupança e boa gestão financeira, sensibilizar para o consumo consciente, através de dicas úteis de poupança, e alertar para a importância da elaboração de um orçamento familiar mensal, são ferramentas essenciais para apoiar a população do concelho”, disse hoje a vereadora social-democrata.

Assinalando o Dia Mundial da Poupança, Rubina Leal sugeriu que sejam levadas a cabo acções municipais de sensibilização e de informação sobre a gestão financeira nos vários Centros Comunitários do concelho e lamenta não existir esta preocupação por parte do actual executivo camarário, refere um comunicado.

A vereadora lembrou o programa criado pelas anteriores vereações lideradas pelo PSD. “Críamos o programa ‘Saber Gerir para Melhor Consumir’, para as pessoas – crianças, jovens, adultos, idosos e famílias – pudessem enfrentar carências na educação financeira”, explicou, dizendo que seria importante retomar estes programas.