Ricardo Nascimento quer centro de noite na Ribeira Brava para dar segurança aos idosos que vivem sós

Nascimento Ribeira Brava campanha 3º dia
O candidato Ricardo Nascimento defende uma política forte de apoio aos idosos do concelho.

LOGO ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS 2017No terceiro dia de campanha eleitoral para as autárquicas de 1 de outubro, o candidato independente à Câmara Municipal da Ribeira Brava, Ricardo Nascimento, atual presidente da autarquia, assume o compromisso de garantir “melhores condições de vida à população idosa do concelho, implementando medidas concretas e que vão ao encontro das necessidades da população daquela faixa etária”.

O candidato pelo movimento “Ribeira Brava em Primeiro” aponta, no caso de merecer a confiança de vitória por parte do eleitorado, a intenção de “aumentar os benefícios associados ao cartão do idoso, promover oportunidades de desenvolvimento de competências ao longo do ciclo de vida”, para além de querer “melhorar acessibilidades por forma a facilitar a deslocação e autonomia daquela população”.

Para o atual autarca é também “útil pensar-se em criar um centro de noite, onde os idosos que vivem sozinhos possam pernoitar num sítio onde se sintam mais seguros, acompanhados e acomodados, com maior conforto e prestação de apoio em caso de emergência”, aponta. Nascimento revelou ainda que pretende estar mais próximo dos idosos, a partir da criação de iniciativas que promovam a integração e o reconhecimento pela pessoa idosa do concelho, pretendendo organizar “a semana municipal do idoso e atividades ocupacionais e de lazer periódicas para estas populações, como forma de promover o bem-estar físico, mental e social na terceira idade”, conclui.

Na mensagem da ação de campanha, Ricardo Nascimento revela a intenção de reabilitar “casas degradadas, de idosos com baixos rendimentos”, sendo este um outro compromisso que o atual autarca, eleito há quatro anos pelo PSD e que agora não mereceu confiança do seu partido, assume encabeçando a candidatura do movimento “Ribeira Brava em Primeiro”.