Juízes já não vão para greve depois das eleições

juizes
Os juízes já não vão para a greve.

A Associação Sindical dos Juízes Portugueses (ASJP) anunciou hoje que já não haverá greve dos juízes a 3 e 4 de outubro, como incialmente estava consagrado em pré-aviso. Esta decisão surge na sequência dos contactos mantidos entre aquela associação e os partidos com assento parlamentar, particularmente depois do encontro ocorrido terça-feira com o grupo parlamentar do PS.

A justificação para anular esta forma de luta está no facto dos partidos terem manifestado abertura para avaliar o Estatuto dos Juízes, situação que leva a ASJP a revelar aquilo que chamou de “voto de confiança” para ver resolvidas as suas reivindicações.

Esta greve dos juízes, a acontecer depois das eleições de 1 de outubro, colocaria em causa a validação dos resultados eleitorais.