Candidata do CDS/PP lamenta incêndios “todos os anos” na Ponta do Sol e afirma que é preciso “limpar território”

IMGfogo apiarios D_3048
Sara Madalena traz a público a falta de seguro para os apiários. Foi o lamento do proprietário de um apiário destruído pelo fogo.

Sara Madalena, a candidata do CDS/PP à Câmara da Ponta do Sol, aponta “a organização do território florestal, nomeadamente do controlo de espécies florestais, seus afastamentos das estradas e sobretudo da sua limpeza, uma maior concertação entre as entidades competentes para a limpeza do território que é da sua competência e a fiscalização daqueles que são privados”, como prevenção para situações como aquelas que ocorrem “todos os anos” e que aconteceram recentemente, os incêndios na Ponta do Sol.

fogo apiarios A
Sara Madalena lembra que “há incêndios todos os anos na Ponta do Sol” e “é preciso limpar território”.

A candidata lembra que “ainda há poucos dias, na Lombada, muitos foram os populares, e bombeiros, que se embrenharam serra acima para proteger os seus bens, que estiveram em perigo e cercados pelas chamas. Falamos de espaços privados de lazer, pomares e apiários que são o ganha pão ou o complemento do ganha pão, de muitos”. Aponta “triste exemplo do apiário denominado “Quinta das Cercas” que perdeu no fogo cerca de sessenta colmeias com duas toneladas de mel para recolher”.

Afirma ter contactado o responsável, Andre Silva, que afirmou à candidatura que “não existem seguros disponíveis para tais explorações e que tal seria possível, houvesse um protocolo entre o governo regional e alguma seguradora, como existe na agricultura, fosse esse o interesse. Porém, não só não é o interesse, como as próprias entidades governamentais se demitem, ano após ano das suas responsabilidades na prevenção dos incêndios, que poderiam se não impedir, pelo menos prevenir a extensão dos danos”.