Freguesias à lupa: Gaula viveiro do JPP até teve eleições intercalares em 2008

A freguesia de Gaula, no concelho de Santa Cruz foi o viveiro e é o actual bastião do Juntos pelo Povo (JPP).

Contudo, a mudança começou pelos mesmos protagonistas mas com siglas partidárias diferentes.

Efetivamente, à exceção das intercalares de 2008, desde 1997 que o PSD não é poder na Junta de Freguesia de Gaula.

Quem acabou com a hegemonia ‘laranja’ que vigorava desde 1976 foi o PS, em 1997.

Depois, em 2001, foi a coligação PS/CDS que conquistou a Junta com 55,0% dos votos.

Em 2005, o PS, sozinho, voltou a ganhar com 57,7% dos votos.

O mandado de 2005 não chegou ao fim uma vez que a 22 de junho de 2008, houve eleições intercalares. Nessas o PSD ganhou ao movimento “Pelo Povo de Gaula” (PPG) por 48,0% dos votos contra 42,0% do PPG.

Durou menos de um ano o regresso ao poder do PSD uma vez que, em 2009, o JPP voltou ao poder com 46,6% dos votos que viria a reforçar nas eleições de 2013, subindo a fasquia para 80,9% dos votos.

O melhor resultado de sempre obtido pelo PSD em Gaula foi em 1985 quando conseguiu 73,2% do eleitorado. O pior resultado foi em 2013 (15,0%).

Por seu turno, o PS, sozinho, obteve o seu melhor resultado eleitoral em Gaula em 2005 (57,7%) e o seu pior resultado nas eleições intercalares de 2008 (3,5%).

O CDS obteve o seu melhor resultado de sempre nas primeiras eleições Autárquicas livres de 1976 (24,6%). O pior resultado do CDS foi em 2005 (1,0%).

A CDU/APU tem conseguido resultados entre 0,9% e 5,4%.

A UDP/BE têm obtido em Gaula resultados entre 0,0% e 4,9%.

Em 2009 entrou na corrida o MPT que conseguiu apenas 1,5% do eleitorado.