CDU defende na Camacha sapadores municipais florestais

Foto DR.

A cabeça de lista da CDU à Câmara Municipal de Santa Cruz, Sílvia Vasconcelos deslocou-se hoje à Freguesia da Camacha.

Na oportunidade, disse que uma das competências da Câmara Municipal é colocar ao serviço da comunidade serviços públicos municipais, ou municipalizados.

Neste contexto, e tendo em conta a necessidade do Município de Santa Cruz, um dos mais fustigados por incêndios na Região, nos últimos anos, considerou ser necessário definir uma política de gestão florestal municipal, contratando elementos especializados, como sapadores florestais municipais.

“A criação de equipas de sapadores municipais, capazes de cobrir todo o perímetro florestal das 5 freguesias do município é determinante no âmbito da prevenção de incêndios e do ordenamento florestal. São estes profissionais que articulados, quer com a protecção civil, quer com a tutela do ambiente e conservação da natureza, assumem a vigilância e a limpeza de terrenos e matos, na área onde estão adstritos, ao longo de todo o ano, pelo que são fundamentais na prevenção de primeira linha dos fogos nascentes”, disse.

Segundo a CDU “a existência de equipas de sapadores florestais é uma realidade que já se verifica nos vários municípios do Continente português, e que devidamente articuladas e acompanhadas pelos órgãos tutelares e de parceria, no âmbito da prevenção dos incêndios, deve ser adoptada no Município de Santa Cruz, libertando inclusivamente, os bombeiros municipais, que não são, reconhecidamente, em número suficiente, para outras funções”.