Miguel Albuquerque visita obras na ribeira de Santo António

A intervenção da ribeira de São João vai continuar até à zona acima do campo do Andorinha, onde o governo pretende investir mais de 12 milhões de euros.

O Presidente do Governo Regional visitou as obras de reabilitação e regularização, no troço urbano de jusante, já concluídas, num investimento superior a 14,5 milhões de euros, realizado ao abrigo da Lei de Meios e do Programa de Apoio para a Prevenção de Catástrofes, que visa salvaguardar a cidade do Funchal em caso de aluviões.

Brevemente, começará a intervenção que passará pelos campos do Marítimo e do Andorinha, finalizando nas estruturas de retenção de material sólido (açudes) que foram construídas a montante.

Sobre as obras já concluídas, Miguel Albuquerque salientou que, para além da limpeza do percurso da ribeira, foram construídos três acessos de desassoreamento, “para que as máquinas possam desassorear periodicamente” o caudal.

O governante não tem dúvidas que foi feito investimento na proteção muito importante, em termos de preservação das habitações na zona de São João e de Santo António”. Aliás, a intervenção ali efetuada vai ao encontro da política do Governo Regional de “apostar na prevenção e na consolidação das infraestruturas de salvaguarda da cidade do Funchal em caso de aluviões”.