Lícia Agrela apresentada hoje como candidata da coligação ‘Confiança’ à Junta de Freguesia do Monte

Foto DR

O Presidente da Câmara Municipal do Funchal e líder da ‘Confiança’, Paulo Cafôfo apresentou, esta manhã, a equipa da coligação para a Junta de Freguesia do Monte.

A candidata escolhida é Lícia Agrela, de 49 anos, licenciada em História, via Ensino, pela Universidade de Évora, e docente há mais de 20 anos no Colégio Infante D. Henrique, uma das instituições de referência do Monte.

Lícia Agrela é, igualmente, Presidente da ADECOM – Associação de Desenvolvimento Comunitário do Monte.

Paulo Cafôfo manifestou-se feliz por poder contar com alguém “com este perfil para liderar o Monte nos próximos quatro anos. A Lícia Agrela é uma pessoa que conheço e prezo mas é, acima de tudo, alguém a quem a população do Monte reconhece competência, seriedade, capacidade de trabalho e iniciativa. São mais de duas décadas de compromisso com a freguesia, e de mérito inequivocamente provado na sociedade civil, quer ao nível educativo, quer no campo social. É esta a Presidente de que o Monte precisa para olhar pelas pessoas, para fazer mais pela sua qualidade de vida e para cumprir o potencial desta que é uma das nossas freguesias mais singulares, também em termos turísticos.”

O Presidente recordou, de seguida, o investimento feito pela Autarquia no Monte ao longo do corrente mandato, de que são exemplos a Capela Mortuária da freguesia, uma longa ambição da população, ou a pronta intervenção com vista à consolidação das escarpas afetadas nos incêndios do passado Verão, em nome da segurança da população, e que foram executadas de imediato, divergindo verbas de outras rúbricas do Orçamento Municipal.

Paulo Cafôfo acrescentou, contudo, que “a Autarquia vai continuar a valorizar fortemente a freguesia do Monte, tendo à beira de execução vários outros projetos que devem levar os locais a olhar de forma otimista para o futuro”, como é o caso mais simbólico, a requalificação da antiga Estação de Comboio do Monte para um núcleo histórico-cultural, mas ainda a nova sede dos Carreiros do Monte e as intervenções de fundo previstas para o Caminho do Lombo e para o Caminho Padre Eugénio Borgonovo, duas obras já adjudicadas.

Lícia Agrela nasceu no Monte, onde sempre viveu até 2010, altura em que teve de mudar de residência, em virtude das calamidades que afetaram a freguesia nesse ano.

A candidata assumiu, no entanto, “que foi uma saída temporária, porque o Monte continuou a fazer parte do meu dia-a-dia, quer através do trabalho, quer por via da intervenção da ADECOM, e o objetivo foi sempre voltar a casa.”

A candidata da Confiança defendeu que este é, por isso, “o momento certo para dar o contributo à minha freguesia, porque criticar é sempre mais fácil, mas o que faz a diferença é a vontade de intervir para melhorar a qualidade de vida das pessoas.”

A professora iniciou a sua participação política bastante jovem, mas estava atualmente afastada da vida política ativa.

“A admiração e a confiança pelo trabalho de Paulo Cafôfo nos últimos quatro anos e pelo impacto que esse trabalho teve na cidade” tornaram, contudo, “imperioso aceitar este convite e contagiar o Monte da Confiança de que a freguesia tanto precisa, nos próximos quatro anos”, explicou.