Incêndio em apartamento no prédio do La Vie lança pânico no centro do Funchal

*Com Rui Marote

A manhã de hoje ficou marcada por grande aparato no Funchal de veículos de emergência e da Polícia, na sequência de um incêndio de proporções assinaláveis no prédio do Funchal Centrum, por cima do centro comercial La Vie, conforme o FN já antecipadamente noticiou. As duas corporações de bombeiros, Municipais e Voluntários, empenharam-se no combate ao fogo que deflagrou numa habitação do prédio central e que obrigou ao emprego dos grandes meios, como carros de bombeiros dotados de escadas e ascensores. As labaredas e o muito fumo lançaram alarme nas redondezas e houve pessoas a serem evacuadas do local pelos bombeiros, tendo sofrido os efeitos nefastos da inalação de fumo.

O centro comercial foi evacuado pelas autoridades na sequência da operação de combate ao fogo. A actuação dos Bombeiros Municipais está a ser alvo de críticas por, mesmo estando o seu quartel situado a cem metros de distância, terem supostamente mostrado menos eficácia no domínio da situação. Dever-se-á sobretudo à competente actuação da Polícia de Segurança Pública o domínio da situação nas redondezas, afastando a população de uma situação potencialmente bastante perigosa e abrindo caminho para uma actuação mais concertada dos “soldados da paz”.