Cafôfo visitou Centro Comunitário do Funchal

Paulo Cafôfo prosseguiu ontem as suas “presidências abertas” na Sé, a nona freguesia abrangida por esta iniciativa que principiou em Junho de 2016. O edil visitou o Centro Comunitário do Funchal, uma estrutura na dependência do Departamento de Educação e Qualidade de Vida da autarquia, que conta com 700 participantes activos e cerca de 2800 utentes esporádicos.

“O Centro promove um envelhecimento activo, através do combate ao sedentarismo e ao isolamento social, proporcionando um vasto conjunto de actividades formativas, recreativas e de lazer a todos os utentes que frequentam este espaço”,diz a CMF. Cafôfo foi recebido pela responsável pelo Centro, Fernanda Pereira numa reunião informal.

Seguiu-se um encontro entre o Executivo e várias dezenas de utentes, para explicar o propósito da visita e auscultar os presentes sobre as actividades do Centro e alguns projectos de futuro. Paulo Cafôfo sublinhou, na ocasião, a importância para o Executivo das políticas de envelhecimento activo, inclusão e qualidade de Vida, que considerou centrais na estratégia municipal.

A iniciativa contou, igualmente, com a presença da Polícia de Segurança Pública (PSP), que esteve presente no Centro Comunitário do Funchal para a entrega simbólica de pulseiras sinalizadoras de doentes com Alzheimer, numa acção da PSP que vai beneficiar alguns utentes do Centro e que o Executivo quis agradecer, reforçando o esforço conjunto de sensibilização e esclarecimento junto de todos os presentes, acrescenta a nota de imprensa.