Advogada Ilídia Macedo assassinada por alegado companheiro Valter Moreno

In Facebook.

Ilídia Macedo foi hoje assassinada, à facada, no Funchal. Advogada e jurista na Loja do Cidadão, de 36 anos de idade, foi vítima de um ato tresloucado de violência, alegadamente cometido pelo ex-companheiro, Valter Moreno, detido pela Polícia e em tratamento hospitalar.

O homicídio ocorreu esta madrugada, no apartamento onde residia Ilídia Macedo, na Ajuda, São Martinho. Ninguém sabe dizer ao certo a razão desta ocorrência. O casal viveu junto algum tempo mas depois separou-se. Uma relação conflituosa que terá, esta madrugada, terminado da pior maneira.

Segundo informações de quem conhecia de perto o casal, o homem detido por suposta autoria deste crime é um antigo praticante de atletismo e exercia a atividade de personal trainer.

A polícia foi chamada ao local, esta madrugada, tendo o autor do homicídio oferecido resistência, a ponto de ser ferido numa perna por um agente, segundo testemunhos de vizinhos. Valter Moreno deu entrada no Hospital Dr Nélio Mendonça e encontra-se fora de perigo.

As autoridades policiais não facultam dados sobre este caso, mas o assunto foi rapidamente divulgado nas redes sociais, onde são também públicas as fotos do casal, a partir das quais o FN reproduziu as imagens.

Ilídia Macedo deixa um menor, fruto de outra relação.

Valter Moreno. In facebook.