PCP quer aposta de Câmara de Lobos nos veículos eléctricos

O PCP esteve hoje em Câmara de Lobos, numa acção destinada a abordar a mobilidade sustentável.  Na ocasião, o dirigente do PCP, Alexandre Fernandes, considerou que o paradigma social naquela localidade mudou muito nos últimos anos.

“De um concelho profundamente estigmatizado por todas as razões sobejamente conhecidas, registamos hoje diversas melhorias pelas quais o PCP junto das populações e dos órgãos de Poder Local muito lutou. Há alguma iniciativa privada, e são já conhecidos alguns projectos na área do turismo que ajudarão no desenvolvimento de Câmara de Lobos”, constatou o responsável comunista.
Por este motivo, considerou, é necessário preparar o futuro, e de imediato.

“Temos que caminhar para reduzir a nossa pegada ecológica, e no imediato, temos ao nosso dispor os veículos híbridos e eléctricos, que a par da sua utilização por parte de uma faixa ainda diminuta da população, são utilizados por empresas na área das rent-a-car e das actividades turísticas. O futuro para uma mobilidade sustentável passa pela mobilidade eléctrica. Consideramos que este é um pilar fundamental no desenvolvimento estratégico de uma localidade como a de Câmara de Lobos. Contudo, há uma grande lacuna ao nível de postos de carregamento públicos para este tipo de veículos. Pura e simplesmente não existem em Câmara de Lobos. E este é um contratempo que tem condicionado uma maior actividade a este nível”, denunciou.

Por isso, o PCP defende a criação de uma rede de abastecimento que passaria prioritariamente pela instalação de postos no centro da cidade, na área circundante ao miradouro do Cabo Girão, no centro da freguesia do Curral das Freiras, para depois ser alargada a todo o concelho.
Esta proposta, anunciou o PCP, será levada pelo partido à próxima Assembleia Municipal de Câmara de Lobos.