Cristas na rota dos incêndios no Funchal após mais de um mês de tragédia

crisdtas4Dos incêndios de má memória já só restam espaços calcinados e muita mágoa silenciada pelas vítimas. Já lá vai mais de um mês, mas a presidente do CDS-PP é mais uma dirigente partidária a vir à Madeira para ver para crer na dimensão da tragédia.

Assunção Cristas, tendo por cicerone o presidente do partido na Madeira, Lopes da Fonseca, e demais dirigentes locais, reuniu com Paulo Cafôfo e depois com Miguel Albuquerque para se inteirar dos números oficiais da catástrofe da primeira quinzena de agosto, das medidas no terreno e do que ainda falta fazer.

cristas1Após os contactos oficiais, a sucessora de Paulo Portas e candidata à Câmara de Lisboa partiu para o terreno para ver “in loco” o lastro da tragédia. Uma curta visita de um dia que terminou ao fim da tarde mas que serviu para Cristas ter um conhecimento mais concreto e cabal do que os madeirenses viveram na primeira quinzena de agosto.

Entretanto, quando a nível nacional se discute se o governo vai mesmo avançar com o imposto sobre o património, Assunção Cristas quer que António Costa assuma claramente a questão, dizendo se vai mesmo criar o IMI para o património. Um assunto que está a gerar grande celeuma nacional.

cristas3