Bloco aposta na juventude como elemento activo

img_0006.jpg

O Bloco de Esquerda/Madeira deu posse no domingo ao novo coordenador da Juventude, Egídio Fernandes, que dirige a nova Comissão Coordenadora de Jovens do partido, eleita por votação directa e secreta no passado fim-de-semana.No acto de tomada de posse, o coordenador regional do BE, Roberto Almada, disse que esta foi a eleição mais disputada até hoje, desde que existe aquela Comissão.

img_0005.jpg

Na ocasião, Almada disse que, terminada a disputa eleitoral, a nova Comissão tem pela frente “dois anos de intenso trabalho”, trabalho esse que considerou importante, inclusive no impulso que deu para a recuperação da sua representação no parlamento, passada uma ‘travessia do deserto’ que manteve o partido ausente do parlamento durante algum tempo.

O coordenador regional do partido mostrou-se satisfeito com a adesão de jovens ao Bloco, que, disse, tem uma organização de juventude que não é como a dos outros partidos, onde subsiste “o interesse por lugares e cargos”.

Por seu turno, o coordenador de jovens eleito enfatizou a “rejeição de uma estrutura de iniciação à militância”, à semelhança das “jotas” de outros partidos. Considerou que a juventude deve ser um elemento activo de transformação social, mas denunciou a apatia e a falta de reivindicação dos jovens na Região, pelo que apelou aos jovens do Bloco para que sejam elementos activos da cidadania e das lutas por fazer.