Castanheiro Boutique Hotel sem licença: só a ponta de um icebergue

castanh2
FOTOS RUI MAROTE

(Com Rui Marote) / O Hotel do Castanheiro está em sérios apuros pelo facto de já estar construído e não dispor de licença por parte da Câmara Municipal do Funchal. O FN recorda que, em, agosto transacto, noticiou que a obra estava a ser executada sem placa visível com a licença e, sobretudo, sem qualquer acompanhamento arqueológico, dado tratar-se de uma intervenção a menos de 50 metros do histórico Colégio dos Jesuítas. O alerta do FN não teve eco e ao ato inaugural do novo hotel, marcaram presença Câmara e Governo, em salutar convívio nos comes e bebes. O Estepilha não foi convidado, note-se!

castanh5Meses depois, vem a lume o problema da falta de licença. A aflição do proprietário é evidente, sobretudo porque precisa de concorrer a fundos comunitários de montantes elevados e não tem a documentação legalmente exigida. A Câmara do Funchal também não se acha responsável pelo problema. O Estepilha recorda que estamos perante a típica atitude portuguesa do jogo do empurra de responsabilidades.

Um drama que é de lamentar, tanto mais que o imóvel foi construído com reconhecido bom gosto e constitui uma mais-valia na oferta turística do centro da cidade. Mas dura lex sed lex.

casta3No entanto, o Estepilha lembra que não é o único investimento com este problema. Vai agora à colação outra notícia avançada pelo FN da obra de construção do Museu Cristiano Ronaldo, já em fase de acabamento, e não se conhece nenhum placard com o número da licença. E que dizer do Hotel na Praça do Mar?

O Estepilha, que é leigo na matéria, atreve-se só a questionar: o que fazem os fiscais e a CMF que estão a 100 metros destas obras?

 

castanh4