Faróis no Museu de História Natural

(Foto cm Funchal)
(Foto cm Funchal)

Estará patente ao público no Museu de História Natural do Funchal, entre 29 de janeiro e 13 de março, uma exposição de parte do espólio do Museu da Direção de Faróis, composto por antigas lanternas, óticas e objetos de sinalização marítima.

A mostra será inaugurada a 29 de janeiro, às 17:30, pelo presidente da Câmara do Funchal, Paulo Cafôfo, e pelo Diretor-Geral da Autoridade Marítima, Vice-Almirante António Silva Ribeiro.

Este património tem sido recuperado e preservado pelos faroleiros em serviço na Direção de Faróis e nos restantes faróis nacionais, nomeadamente nos faróis do Arquipélago da Madeira, permitindo assim a divulgação de peças de inegável valor patrimonial e assumindo-se como um legado vivo do assinalamento marítimo ao longo dos últimos 250 anos.

Serão ainda expostas maquetas de faróis e registos históricos, bem como painéis descrevendo a evolução do assinalamento marítimo ao longo dos tempos, nas suas vertentes histórica e técnica.

Esta exposição tem como objetivo divulgar o serviço público prestado pela Autoridade Marítima Nacional nesta área, bem como permitir um contacto mais próximo entre o público em geral e os sistemas que desempenharam e ainda desempenham um papel vital no garante da segurança da navegação marítima. Pretende também ser um chamamento para todos aqueles que se interessam pelo mar e pela cultura marítima, incentivando-os a visitar os faróis do Arquipélago da Madeira.