Avião russo abatido por cúmplices dos terroristas, disse Puttin

|*Com AF|

Segundo o jornal i Online, “o presidente russo, Vladimir Putin, afirmou esta terça-feira que o abate de um avião russo pela Turquia junto à fronteira com a Síria foi “uma facada nas costas” que vai ter “consequências sérias” nas relações entre os dois países.

“A perda de hoje foi uma facada nas costas que nos foi dada por cúmplices de terroristas”, disse Putin numa conferência de imprensa conjunta com o rei da Jordânia, Abdallah II.

“Não posso descrevê-lo de outra forma”, disse Putin.

“Naturalmente vamos analisar tudo o que se passou. E os eventos trágicos de hoje vão ter consequências sérias para as relações russo-turcas”, advertiu.

Putin assegurou que o SU-24 não ameaçava a Turquia e que sobrevoava território sírio, a quatro quilómetros da fronteira.”