PS protesta pela não abertura das Urgências de Santana e Porto Moniz 24 h por dia

Praticamente um ano depois de ter sido aprovada no Parlamento a resolução que recomenda ao Governo Regional o alargamento do horário de atendimento dos serviços de urgência dos centros de saúde de Santana e Porto Moniz para 24 horas por dia, o Executivo continua sem pôr esta medida em prática, com graves consequências para a população destes concelhos, denunciam os socialistas.

Por isso o Grupo Parlamentar do PS deu entrada, hoje, na Assembleia a um voto de protesto.

A referida resolução foi aprovada no dia 11 de Novembro de 2021, mas, como lamenta a deputada socialista Tânia Freitas, “um ano depois, estes dois concelhos a norte continuam sem acesso a este serviço 24 horas”, porque “o Governo Regional não seguiu a recomendação da Assembleia Legislativa da Madeira, o órgão máximo de soberania regional”.

A deputada critica a “atitude prepotente do Executivo”, que não respeita as decisões emanadas pelo principal órgão de governo próprio da Região, e questiona se o objectivo é apenas proceder ao alargamento do horário de funcionamento destes serviços em vésperas das eleições regionais do próximo ano. “Até lá, quantas mais vidas ficarão em risco?”, questiona.