Caniçal vai celebrar festa com tradição

PROCISSAO NO MAR DE NOSSA SENHORA DA PIEDADE NO CANIÇAL
Fotos: © ALFREDO RODRIGUES
Sílvio Mendes
No domingo 18 de setembro a paróquia do Caniçal celebra a festa em honra de Nossa Senhora da Piedade. É a mais conhecida daquela freguesia e uma das mais relevantes da Madeira.
A Eucaristia terá início às 13 horas.
Depois, às 15 horas, haverá procissão no mar para deixar a imagem de Nossa Senhora da Piedade na sua capela.
No sábado 17 de setembro às 13 horas iniciam-se as romagens. O arraial que se realizará a partir de sexta feira, dia 16, terá atuações de diversos artistas madeirenses e do Continente.
Também nesse sábado às 15 horas haverá procissão marítima até ao monte Gordo onde se encontra a capela de Nossa Senhora da Piedade, para trazer a imagem para o cais do Caniçal e depois para a igreja onde às 20 horas principiará a missa da vigília. É um cortejo marítimo com muitas embarcações e que constitui o grande atrativo daquela festa.
Apesar de não ser a padroeira do Caniçal a sua festa, comemorada no terceiro fim-de-semana de setembro, atrai mais pessoas a esta localidade do que a do de São Sebastião, padroeiro do Caniçal.
A sua capela, foi edificada no séc. XVII, e está a cerca de quatro quilómetros da igreja paroquial.
A construção da capela deve-se a uma promessa de um grupo de marinheiros que, vendo o seu navio prestes a despedaçar-se contra as rochas da costa, prometeram construir uma ermida dedicada a Virgem Maria.
Nossa Senhora da Piedade é a padroeira das paróquias dos Canhas e da Piedade, no Porto Santo e também do Convento das Irmãs Clarissas, em Câmara de Lobos.
Assim após uma paragem de dois anos devido à pandemia regressaram os arraiais com a animação habitual, sendo de referir que todos têm registado grandes enchentes.