A palavra aos militantes: “O CDS está vivo e recomenda-se”

“O CDS está vivo e recomenda-se”. Este tem sido o mote das intervenções da tarde dos militantes inscritos para falar no 18.º Congresso do CDS-PP.

Foi isso que disse, por exemplo, o militante Filipe Spínola, que é membro da junta de freguesia de São Martinho,

Amílcar Figueira, Luís Miguel Rosa e Gonçalo Santos foram outros militantes que intervieram.

No congresso está também Mário Pereira, ex-deputado na Assembleia Regional que irá apresentar uma moção sectorial e a militante da Ponta do Sol, Sara Madalena que, em tempos, teve divergências, sobretudo autárquicas.

Quem esteve ausente foi o presidente do CDS-Açores, Artur Lima não se deslocou À Madeira