Eduardo Jesus sublinha trabalho de preservação do património fotográfico

O lançamento do Livro ‘Imagens e Memória do Concelho da Calheta” congregou ontem várias entidades na Galeria dos Prazeres, situada perto da Quinta Pedagógica. Entre elas, o secretário regional do Turismo e Cultura, Eduardo Jesus, que, na ocasião, salientou que, em sua opinião, a Madeira “afirmou-se fortemente” nos anos de autonomia com um “desenvolvimento muito notório” nas obras públicas, mas não só: “Investiu-se muito na memória, investiu-se muito na cultura, na História”. Como exemplo, deu o caso do Arquivo e Biblioteca Pública da Madeira. Na ocasião, o governante referiu-se à riqueza do espólio de registos fotográficos na RAM, desde o séc. XIX, citando também a Calheta como um concelho representado nessa memória preservada.

Eduardo Jesus sublinhou também o esforço governamental na preservação e divulgação do património fotográfico através da Photographia Museu Vicentes, reinaugurada no ano passado com um edifício restaurado.

O lançamento deste livro, disse este responsável “permite perpetuar a experiência que foi a exposição”.