Três feridos do acidente do autocarro estão nos Cuidados Intensivos, novo ponto da situação para esta sexta-feira às 11 horas

A conferência de imprensa do SESARAM para um novo balanço sobre a situação relacionada com os feridos do acidente com o autocarro, no Caniço, que fez 29 vítimas mortais, confirmou a notícia do FN que dava conta da permanência de 17 feridos internados no Hospital Dr. Nélio Mendonça e das duas altas concedidas esta tarde. Para amanhã, sexta-feira Santa, pelas 11 horas, está previsto um novo ponto de situação.

No site do SESARAM, refere-se que, dos 17 feridos que ainda se encontram hospitalizados, 3 estão na Unidade de Cuidados Intensivos, 4 encontram-se na unidade de Cuidados Intermédios Cirúrgicos, dois estão na observação no serviço de Urgência e 8 estão internados na Ortopedia.

O Serviço de Saúde lembra que das 28 vítimas que deram entrada no Hospital no dia de ontem, uma viria a falecer e 10 tiveram alta hospitalar, reafirmando a não existência de crianças. Dos feridos que deram entrada, dois são de nacionalidade portuguesa e as restantes de nacionalidade estrangeira, maioritariamente Alemã. Tratam-se de 10 vitimas do sexo masculino e 18 do sexo feminino, com idades entre os 40 e os 60 anos.

Como tem sido vastamente referenciado, foram reforçadas as equipas, médicos, assistentes sociais, psiquiatras, psicólogos, enfermeiros, técnicos de diagnóstico e terapêutica, entre outros. Mobilizaram-se os responsáveis da agência, tradutores e o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras para o Hospital para prestar o apoio necessário. Foram mobilizadas equipas para prestar apoio psicológico no local do acidente, no Hotel e no Hospital. Em virtude do número de vítimas mortais, foi solicitado apoio ao Instituto de Medicina Legal que enviou uma equipa para colaborar na realização das autópsias para que os cadáveres sejam mais rapidamente possível identificados e para que seja permitida a sua transladação para o país de origem”.