Associação do Caminho Real da Madeira celebra 1.º aniversário a 17 fevereiro em São Jorge

A Associação do Caminho Real da Madeira celebra no próximo sábado, dia 17 de Fevereiro, na freguesia de São Jorge, o seu primeiro aniversário.

Para assinalar a data, será promovida uma caminhada que começará no Cabo Aéreo, seguindo pelo Caminho Real 23 até ao Calhau de São Jorge, onde haverá a oportunidade de conhecer um pouco do enquadramento histórico da freguesia que ali nasceu. Está prevista a visita ao Cais Antigo de São Jorge, antes do regresso ao Cabo Aéreo pela variante do Caminho Real 23.

O evento é gratuito e aberto ao público em geral.

A caminhada é acessível e não apresenta dificuldades de maior, sendo aconselhável o uso de calçado e roupa adequada.

O ponto de encontro será no Miradouro do Cabo Aéreo, pelas 09:30.

Notas Contextuais

No calhau de São Jorge encontra-se o Núcleo Primitivo da freguesia de São Jorge. Estas ruínas pertencem aos antigos engenhos de cana-de-açúcar que lá foram construídos, no início do povoamento.

Das antigas construções, o arco de entrada do calhau é das mais significativas. Todo este núcleo é classificado como Monumento de Interesse Municipal, desde 2003.

O Antigo Cais de São Jorge foi um dos mais importantes entrepostos comerciais da costa norte da Madeira. Nesta enseada marítima atracavam as embarcações vindas do Funchal e de outras paragens que abasteciam as freguesias de São Jorge e Santana.

A partir do século XX, a construção da nova estrada e as regulares aluviões e derrocadas levaram o porto à obsolescência. A ponta do Cais é o único ponto da ilha onde se pode vislumbrar toda a costa norte.