Rubina Leal quer Funchal com centro comercial ao ar livre, flexibilização de horários e sinalética adequada

Leal ao Funchal A
Rubina Leal quer fazer no Funchal um centro comercial ao ar livre para dinamizar o comércio.

candidata do PSD/Madeira à Câmara do Funchal, nas eleições autárquicas de outubro próximo, pretende criar um centro comercial ao ar livre na cidade enquanto medida que visa a dinamização do comércio tradicional, que ao longo dos tempos foi perdendo fulgo, em função das grandes superfícies que concentram milhares de pessoas.

Com o ‘Programa de Dinamização do Comércio de Rua’, Rubina Leal pretende “dignificar e dinamizar todo o comércio da cidade”, sublinhando que este sector é fundamental para impulsionar a economia local e regional.

“É o comércio que dinamiza a economia, gera emprego e garante qualidade de vida às pessoas que nos visitam e, obviamente, a toda a nossa população”, disse a candidata social-democrata, durante a iniciativa ‘Encontros com a Cidade’ – Comércio, a primeira de muitas ações sectoriais.

“Temos que juntar os comerciantes, os moradores, a restauração, a cultura, numa ação conjunta e quando pensamos no comércio temos, necessariamente, que pensar em reabilitação urbana, em mobilidade, em estacionamento, um sem número de situações”, notou.

A flexibilização dos horários, a sinalética adequada são igualmente essenciais para que haja pessoas diariamente a circular nas ruas do Funchal, afirmou a candidata do PSD à Câmara Municipal do Funchal.

“Temos que tornar o comércio de rua em centros comerciais ao ar livre com todas as condições, pois aquilo que nós queremos e pretendemos é, sobretudo, trazer mais pessoas à cidade, trazer mais famílias à cidade”, concluiu Rubina Leal.