Madeira Camerata dá concerto no Reid’s

madeira camerata
O Hotel Belmond Reid’s Palace, através da parceria com a Associação Notas e Sinfonias Atlânticas, apresenta um concerto de Música de Câmara protagonizado pelo agrupamento “Madeira Camerata”, que contará com a especial participação dos instrumentistas Éric González (Oboé) e Lorenzo Mastropaolo (Fagote). O evento terá lugar na próxima quarta-feira, dia 21 de outubro, pelas 21h30, na Sala “Reid’s Dining Room” do Hotel Belmond Reid’s Palace.

O concerto contempla a interpretação das obras de Pachelbel “Cânone”, de Bach “Ária da Suite em Ré” e “Concerto para Oboé em Sol menor”, de Haendel/Aslamasian “Passacaglia”, de Vivaldi “Concerto para Fagote em Sol maior nº 30” e de Corelli “Concerto Grosso nº IV”.

A Madeira Camerata, um agrupamento interno da Orquestra Clássica da Madeira, tem por principais objetivos a interpretação de repertório para orquestra de cordas e a divulgação da música portuguesa escrita para este tipo de formação. Criada em 1997, representou a Orquestra Clássica e a Madeira no exterior, participando em festivais internacionais de música.

Com Direção Artística do violinista madeirense Norberto Gomes, a Madeira Camerata já tocou com vários maestros e solistas, entre eles Jaap Schröder, Luís Izquierdo, Roberto Perez, Filipe Pinto-Ribeiro, Carlos Guilherme, Luís Andrade, Milko Pravdic, Ilya Grubert, António Carrilho, Bárbara Dória, Lyudmila Voynarovska, entre outros. Já se apresentou em concerto nos Festivais de Música da Madeira de 1998, 1999 e 2000, no Festival de Artes de Macau, e ainda no Festival de Música de Ferrol, na Galiza (Espanha). Realizou ainda concertos no Porto e no Centro Cultural de Belém (CCB), em Lisboa. Em 2000 realizou uma digressão por várias cidades espanholas, entre as quais Madrid, onde se apresentou no Auditório Nacional com transmissão em direto para a Rádio Clássica de Espanha.

Esta é a formação da Madeira Camerata:

Norberto Gomes – Violino

Olena Soldatkina – Violino

Nshan Chalikyan – Violino

Parandzem Khachkalyan – Violino

Valeriy Perzhan – Violino

Edina Tenki – Violino

Volodymyr Petryakov – Viola

Marina Gyumishyan – Violoncelo

Iryna Bandura – Violoncelo

Gábor Bolba – Contrabaixo

Convidados:

Éric González – Oboé

mc2

Éric González nasceu em Ponferrada (Espanha) em 1986. Aos 8 anos iniciou os estudos no Oboé no Conservatório de Ponferrada, tendo terminado os estudos básicos com as melhores qualificações.

Posteriormente, ingressou no Conservatório Superior de Música da Corunha (Espanha), onde fez o primeiro ano da Universidade. Após este ano a sua carreira mudou exponencialmente, após obter uma bolsa de estudo para estudar no Conservatório Superior de Música de Barcelona, onde foi orientado por José Manuel González (solista da Orquestra Sinfónica Real de Sevilha), e obteve masterclasses com os mais reconhecidos oboístas do mundo.

Após terminar os seus estudos em Barcelona, mudou-se para Munique, onde continuou os estudos de Oboé e Corne Inglês, com o Prof. Ingo Goritzki, considerado um dos melhores professores do seu tempo e o professor dos oboístas das principais orquestras europeias.

Paralelamente, Éric González, teve aulas de especialização com solistas de toda a Europa tais como: Francoix Leleux, Stefan Schilli, Thomas Indermühler, Lucas Macias, Albert Mayer, Dominik Wollenweber, Washington Barella, Mizuho Yoshsii, Juan Manuel Lumbreras, Christian Schmitt, Gareth Hulsen, Emmanuel Abül.

Éric trabalhou também com numerosas orquestra europeias, tendo tocado em Espanha, Alemanha, França, Italia, Suíça, Inglaterra, Holanda, Russia, Coreia do Sul…

Entre 2012 e 2014, Éric González foi Oboé Principal e Corne Inglês Principal na Guiyang Symphony Orchestra (China). A partir de 2014, Éric González é Oboé Principal na Orquestra Clássica da Madeira. Éric é também “Oboe Yamaha Artist”.
http://ericgonzalezoboe.com/

mc3
Lorenzo Mastropaolo – Fagote

Lorenzo Mastropaolo deu início aos seus estudos no fagote em Turim (Itália) em 2014 com o professor Claudio Gonella.

Em 2008, após a conclusão do grau de bacharel, mudou-se para Mantova para prosseguir os estudos com Stefano Canuti.

Passados dois anos conheceu Sergio Azzolini numa masterclass e no ano seguinte optou por frequentar o seu Mestrado na Hochschule fur Musik na Basileia (Suíça), onde obteve o diploma cum laude em 2014.

Durante este período, realizou concertos com orquestras tais como a do Teatro Regio Torino, Teatro Regio Parma, Teatro Lírico Cagliari, e conheceu destacados fagotistas em masterclasses como Damiano, Zucco, Cury e Venturieri.

No presente, Lorenzo é fagotista principal na Orquestra Clássica da Madeira e frequenta o Soloiste Diplom na Bern University (Suiça), onde estuda com Daniele Galaverna.

Durante os seus estudos tocou como solista os concertos de Mozart, Rossini e Vivaldi.

Os ingressos para este concerto custam 20€, com uma bebida incluída.

Os bilhetes podem ser obtidos na Receção do Hotel Belmond Reid’s Palace.