Privados querem explorar restaurante no porto do Caniçal

porto caniçalA Administração de Portos da Madeira-APRAM publicou um edital no qual divulga que deu entrada nos seus serviços “um pedido de Joaquim de Sousa Coelho e António Filipe de Freitas Rodrigues”, a manifestar a intenção de explorar o restaurante, localizado no edifício do porto do Caniçal, com uma área coberta de 679 m2 e descoberta de 179 m2.

A APRAM, através do edital, convida os potenciais interessados na exploração do mesmo espaço a manifestar formalmente essa intenção à entidade portuária, num prazo de 30 dias.

No mesmo edital, faz-se saber que os cidadãos que já requereram a exploração do restaurante “gozam do direito de preferência na atribuição do título para a ocupação e utilização”, de acordo com a lei em vigor.