Miguel Gameiro encantou em São Vicente

 

PúblicoOntem foi uma grande noite para Miguel Gameiro & Pólo Norte, que viram milhares de pessoas a cantar, em uníssono, temas da carreira a solo do artista e, acima de tudo, dos Pólo Norte, grupo com quem lançou muitos êxitos que constam das preferências musicais dos portugueses. Em algumas dessas canções, São Vicente cantou por Miguel Gameiro, que ouviu o público, puxou por ele, brincou e, inclusive, chegou a surpreendê-lo quando saiu do palco e se juntou à multidão.

No final, Miguel Gameiro confessou à organização que, depois de sete anos, este regresso às Festas do Concelho de São Vicente voltou a ser especial. “Eu acho que correu bem, tendo em conta que São Vicente não me deixou cantar, foi um concerto fabuloso”, começou por referir.

Em 2014, e após uma paragem, Miguel Gameiro & Pólo Norte juntaram-se para assinalar os 20 anos da banda. As digressões têm corrido acima das expectativas. “Este regresso tem corrido bem, nós achámos que, assim como fazia sentido fazer o meu álbum a solo e terminarmos, fazia sentido voltarmos a cantar e a estarmos juntos em palco, porque nós funcionamos muito assim, não gravamos discos porque sim ou porque tem de ser, nós estamos na música porque sentimos o que fazemos e porque sentimos que as pessoas querem que estejamos aqui”, frisou. E a recepção não podia ser melhor: coliseus cheios e concertos vibrantes, com pessoas a cantarem em uníssono.

No entanto, esta união acaba este ano, mas o fim não parece ser definitivo. “Terminamos este ano esta união e voltamos a encontrar-nos daqui a uns anos, porque agora vou fazer a minha tourneé e o meu álbum a solo”, adiantou.

StardustAntes de Miguel Gameiro & Pólo Norte, os madeirenses Stardust voltaram a mostrar o porquê de terem regressado a São Vicente, depois de, no ano passado, terem feito a primeira parte no dia do concerto de Áurea. Cantaram músicas intemporais, interagiram com o público e foram muito aplaudidos.

Olga RyazanovaA música electrónica começou, no final do concerto de Miguel Gameiro & Pólo Norte, com a DJ internacional Olga Ryazanova. Pela terceira vez na Madeira, elogiou o público madeirense. “A Madeira é muito bonita e as pessoas aqui são incríveis, recebem os artistas muito bem”, defendeu. Em São Vicente, foi a primeira vez que esteve e ficou impressionada com as milhares de pessoas que se encontravam na vila. “Gosto muito de ver as pessoas a se divertirem e, ainda por cima, vejo aqui muitas famílias, isso é  muito bonito”, confessou.

Olga Ryazanova actua, grande parte do ano em Portugal, mas também percorre muitos países do mundo, como Japão, China, Espanha, Áustria, entre outros.

Para hoje, 27 de Agosto, após a actuação de Marco Gil, às 21h00 horas, sobe ao palco o grande cantor romântico português, Tony Carreira. A noite fechará com as actuações do DJ Tom Enzy e Nélio Fabrício.