Estepilha: passadiço varou

Rui Marote
O Estepilha incomodou a “gregos e a troianos” com a noticia do passadiço instalado na rampa de São Lázaro, que conduzia às profundezas.
O nosso alerta levou que esta infraestrutura regressasse a terra conforme a foto documenta, aguardando uma solução (não sabemos quando) para erro apontado de construção.
O Estepilha, embora não seja perito nesta área, pensa que a estrutura deverá regressar aos estaleiros da construtora para um aumento de extensão do passadiço uma vez que  a plataforma afundava-se. Ou então, precisa de ser suportada por um pontão.
O Estepilha espera que a solução não se eternize na doca seca das instalações de São Lázaro.