Sanas avançou hoje para a praia da Calheta, no Porto Santo, por causa de mergulhadores em dificuldades

received_1362462113781785.jpeg

Hoje, quarta-feira, 24 de Agosto, à tarde, sensivelmente por volta das 18h30, foi dado o alerta ao Sanas, por parte dos nadadores-salvadores da zona balnear da Calheta, na praia do Porto Santo, de que dois mergulhadores se encontravam em dificuldades e não conseguiam regressar a terra. Aparentemente, os dois mergulhadores encontravam-se retidos numa zona muito rochosa e em dificuldades.

Segundo a informação a que o FN teve acesso, de imediato, a equipa do Sanas avançou, por mar, para o local, com um bote da classe C, por mar, e por terra, com uma viatura automóvel.

Quando o pessoal do Sanas chegou ao local, já os dois mergulhadores tinham conseguido subir para cima de uma rocha, deslocando-se para a praia com alguma dificuldade, pois o cansaço era visível. Na ocasião, esteve também presente a Polícia Marítima, com uma viatura. Tudo acabou, portanto, em bem, mas trata-se de mais uma ocorrência que alerta as pessoas para a necessidade de ter cautela nas suas incursões recreativas no meio marítimo. Todos os cuidados são poucos. Por vezes os meios de socorro são accionados sem que se chegue a verificar a necessidade de intervenção, e ainda bem que assim acaba por ser; mas deve impor-se sempre a prudência.