PPM alerta para situação problemática na noite funchalense

O PPM Madeira vem alertar, uma vez mais para a situação que se vive na noite funchalense.  Os monárquicos mostram-se preocupados com o aumento da criminalidade, “em número de assaltos, agressões entre grupos ou pessoas, entre outras situações que vimos nas redes sociais de atentado ao pudor na via pública”.
Sabemos que as nossas forças policiais têm problemas com falta de efectivos, mas é urgente que se tomem medidas, para que as pessoas que saem à noite para se divertirem não saiam com o sentimento de insegurança de serem agredidos ou assaltados, refere-se.
“Não podemos aceitar de braços cruzados e assistir confortavelmente no sofá ao vermos noticias de agressões na noite madeirense. Por isso pedimos às autoridades competentes que tomem mais medidas na prevenção nas zonas de diversão nocturna e consequente fiscalização às actividades de casas de diversão da noite, pois há relatos em que menores sem idade de referência na lei a frequentar estes espaços de diversão”, denuncia o partido.
“Aconselhamos também aos Pais destes menores que aconselhem os seus filhos para que se inteirem dos destinos dos seus filhos quando estes saem e quais os lugares onde se vão divertir, pois o aumento de produtos estupefacientes na noite da Madeira é uma realidade e com a agravante de serem “drogas sintéticas” altamente prejudiciais à saúde”, insiste o PPM.