Protecção Civil adverte para o mau tempo e recomenda cuidados

O Serviço Regional de Protecção Civil avisa que, de acordo com os contactos estabelecidos entre o Comando Regional de Operações de Socorro e o Instituto Português do Mar e da Atmosfera, e associado a uma depressão frontal de actividade significativa, estão previstos, a partir da manhã do dia 18 (domingo) e até ao fim da tarde do dia 20 (terça-feira), períodos de chuva ou aguaceiros pontualmente fortes, acompanhados de trovoada.

O vento, do quadrante Sul, a partir do início da manhã do dia 18 (domingo) e até ao início da tarde do dia 20 (terça-feira), será moderado a forte e muito forte entre o final da tarde do dia 19 (segunda-feira) e o fim da madrugada do dia 20 (terça-feira). Neste período, as rajadas do vento nas regiões costeiras poderão chegar a valores da ordem de 100 km/h e nas regiões montanhosas, a 120 km/h.

Na costa sul da Madeira prevê-se ondas de Sudoeste nos dias 19 (segunda-feira) e 20 (terça-feira), com altura significativa da ordem de 2,0 m a 3,0 m e na costa norte, ondas da ordem de 3 metros a partir do dia 20 (terça-feira) ao final da tarde.

Ora, face aos avisos agora emitidos o SRPC, IP-RAM, reitera o alerta para as seguintes recomendações:

– Adotar uma condução defensiva, reduzindo a velocidade e tendo especial cuidado com a possível
formação de lençóis de água;-

–  Assegurar a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais e retirada de inertes e outros
objetos que possam ser arrastados ou criem obstáculos ao livre escoamento das águas;

– Estar atento para os riscos que representam, com estas condições, os percursos auto e apeados, sobretudo nas zon  montanhosas, vertentes expostas e zonas costeiras pelo que aconselha cuidados especiais nas actividades
durante o período em que vigora o aviso

–  Ter especial cuidado na circulação e permanência junto de áreas arborizadas, estando atento para a
possibilidade de queda de ramos ou árvores e outros detritos para a faixa de rodagem;

–  Feche portas e janelas e retire os objectos soltos que se encontrem nas varandas e peitorais das janelas.

– Sempre que possível, evite as viagens para as zonas afetadas por este tipo de situação meteorológica..

– Não circule por zonas com prédios degradados, devido ao risco de derrocadas.

– Preste atenção às estruturas montadas (andaimes, toldos, tendas, telhados), que poderão ser afectadas
por rajadas mais fortes de vento, bem como a uma possível queda de árvores.

–  Estar atento às informações da meteorologia e às indicações da Protecção Civil.

No site do SRPC, IP RAM – http://www.procivmadeira.pt. e na APP Prociv Madeira – manter-se-á permanentemente actualizada, em articulação com o Observatório Meteorológico do Funchal, a informação relativa à evolução da situação meteorológica.