Rita Peixe foi encontrada por casal de estrangeiros e tinha ferimentos ligeiros

O Comando Regional da Polícia de Segurança Pública da Madeira confirmou, em comunicado, a notícia que o Funchal Notícias tinha já avançado sobre o aparecimento de Rita Peixe, de 48 anos de idade e residente na Ajuda, que era procurada nos últimos dias depois da família ter feito um apelo para encontrar a familiar que estava desaparecida desde segunda-feira.

Segundo a polícia, Rita Peixe “foi localizada por um casal de estrangeiros, numa das levadas existentes na zona da Vereda dos Balcões, em Santana, aparentando estar desorientada, motivo pelo qual estes procederam ao seu acompanhamento até uma zona segura, onde puderam contactar telefonicamente com a Esquadra da PSP de Santana. Após acionamentos dos meios para o local, os quais incluíram para além da PSP uma equipa dos Bombeiros Voluntários de Santana e uma Equipa Médica de Intervenção Rápida, foi possível confirmar a identidade da pessoa desaparecida, a qual apresentava ferimentos ligeiros, tendo-lhe sido prestada a assistência médica necessária e o correspondente transporte ao Hospital
Dr. Nélio Mendonça”.
A PSP acrescenta que “este aparecimento permite desmobilizar os meios que estavam a ser afetos pelo Comando Regional da PSP da Madeira em várias zonas de percursos pedonais, veredas e trilhos da Região Autónoma da Madeira, no sentido de encontrar com vida e da forma mais célere possível a cidadã em causa. O Comando Regional aproveita também a ocasião para agradecer a todos os cidadãos que efetuaram contactos com PSP com o intuito de fornecer eventuais informações sobre o paradeiro da cidadã, agora localizada.