Oito reclusos em greve de fome na cadeia do Funchal

Oito reclusos do Estabelecimento Prisional do Funchal (EPF) estarão em greve de fome, segundo apurou o Funchal Notícias.

Os reclusos insurgem-se contra algumas restrições, designadamente telefonemas a familiares, mas, sobretudo, devido a condições de habitabilidade.

O efeito “contágio” da contestação noutros estabelecimento prisionais portugueses também terá chegado ao EP do Funchal.

Além disso, a greve de guardas prisionais e o aproximar das decisões relativamente a saídas precárias, indultos e liberdade condicional cria um clima de alguma tensão/pressão, também no EPF.

As visitas a reclusos acontecem sobretudo aos fins-de-semana, mormente aos sábados, podendo as próximas estar comprometidas.